Total de visualizações de página

Aula 5 - Fazendo uma Figura

Primeiro, uma breve palavra sobre direitos autorais:


A posse ou copyright de qualquer desenho que você escolher para retratar em marchetaria encontra-se com o autor do projeto, ou com o proprietário subseqüente se os direitos foram vendidos ou transferidos. Na maioria dos países, geralmente você pode fazer a sua imagem de marchetaria, sem problemas de direitos autorais, desde que a imagem seja apenas para  visualização em sua própria casa. Você normalmente não pode colocar a sua versão de um projeto com direitos autorais em exibição pública sem infringir leis de direitos autorais, a menos que tenha o consentimento do proprietário de tais direitos. Muitos projetos são vigorosamente protegidos por seus proprietários - por exemplo, a Disney (TM) e Coca Cola(TM). Essas empresas têm projetos que são reconhecidos mundialmente, e certamente irão proteger quaisquer de seus projetos com o maior rigor. Assim, o ponto mais importante é ter certeza de que você tem o consentimento dos autores, especialmente se você pretende colocar seu trabalho em exposição pública. Isso certamente vai poupar um monte de problemas e dinheiro se a sua imagem for acabar em versão impressa ou na televisão.


Selecionando um Tema



Para o seu primeiro trabalho de marchetaria, selecionei um tema que vai funcionar bem com a seleção de folheados mostrada na aula 2. Trata-se de uma imagem com linhas bem definidas de cortes que são fáceis de executar. Um outro ponto importante é o apelo visual da imagem selecionada.
Caso contrário, correríamos o risco de entediá-lo com o processo, fazendo-o  decidir que marchetaria não é para você!


Uma boa fonte de imagens é o Clip Art projetos que têm linhas de corte bem definidas. A imagem escolhida para esta demonstração é uma imagem de clip-art de um palhaço (Figura 1, acima). É uma imagem simples, mas ainda assim agradável. Os folheados que eu selecionei para este projeto são Sicômoro para o fundo, Jacarandá para os contornos da face, olhos, chapéu, etc, e Pêra para a cor principal do rosto. Selecionei Faia para o parte iluminada do rosto ao redor da boca, e também o branco dos olhos. Para o nariz vermelho eu selecionei Padauk, e para o ouro dos fios de cabelo acima das orelhas escolhi Afara. Para o chapéu, eu usei Koto para o amarelo e Cypress Burl para a seção mais escura. Por fim, para a flor eu escolhi novamente Jacarandá para o contorno e Roxinho para a seção interior da flor. Você pode achar que você não é capaz de obter algumas dessas folhas, mas poderá obtê-las via internet. Alternativamente, você pode substituir cores para se adequar ao seu próprio propósito e design. Por exemplo, onde eu usei Cypress Burl verde para a banda escura do chapéu do palhaço, mas você pode substituir por magnólia verde, que, embora seja um tom mais claro, ainda assim será adequado.


Construção


O primeiro passo na construção de sua marchetaria é decidir sobre o tamanho da mesma. No caso deste exemplo, decidi fazer o projeto no tamanho 20 x 24 cm. Assim, devemos imprimir o desenho no tamanho selecionado, fazendo-se os devidos ajustes da impressora. Você poderá imprimir em película transparente caso a sua impressora o permita. Use uma folha de papel carbono para transferir o desenho da película transparente para a folha a ser usada como fundo (Figura 2). Use carbono preto, pois o azul mancha a lâmina de madeira e é difícil de ser removido.




 Aconselhamos prender a película transparente  com fita crepe na borda superior da fôlha de madeira escolhida para o fundo, para manter o alinhamento, uma vez que você terá que redesenhar as partes do desenho a serem cortadas e depois encaixar as novas peças. A película transparente deve ficar presa nessa posição durante todo o projeto.

A primeira peça a ser cortada e descartada é em Jacarandá, que vai atuar como o contorno do nosso palhaço. Utilizamos aqui, o método chamado de Método da Janela, que significa abrir uma "janela" com o corte da madeira base a ser descartada, para depois ser preenchida com a peça na madeira de substituição. 

Com este procedimento, você estará construindo a sua imagem pedaço por pedaço. Uma descrição completa do Método da Janela (Window Method, em ingles) pode ser verificada nos tutoriais do site do Redbridge Marquetry Group:


Agora chegou o momento da sua primeira tentativa de corte da marchetaria. Se você ainda não se sente seguro, comece praticando com alguns pedaços de cartolina fina. Quando se sentir seguro inicie o corte real nas folhas de madeira  procurando antes passar a lâmina do  seu bisturi em um pedaço de cera dura para lubrificar o fio de corte. Comece a fazer os cortes, seguindo o contorno do desenho previamente traçado. Lembre-se de colocar uma placa de corte por baixo.Se você não tiver uma placa de corte, use várias folhas de jornal. Um método alternativo para cortar as folhas das madeiras, especialmente as mais duras é picotando a linha de corte com a ponta de um bisturi ou estilete, antes de efetuar o corte propriamente dito.








Para fixar cada peça em sua respectiva "janela", você terá de aplicar cola em suas bordas. Como a cola não vai curar instantaneamente, você terá que usar fita crepe ou Fita Mágica 3M para mantê-las no lugar enquanto a cola endurece. Não use outros tipos de fita (por exemplo, fita adesiva), pois os adesivos das mesmas são difíceis de serem retirados de sua marchetaria. Se você tiver que recorrer a outras fitas, remova-as assim que a cola curar (normalmente após 1 ou 2 horas, em média) para se evitar problemas.

Tendo cortado o jacarandá para o contorno (Figura 3), o próximo passo será redesenhar o traço interno do contorno do rosto do palhaço (Figura 4).

A seguir, cortamos  e removemos a janela para a cor do rosto principal, que vai ser de madeira pêra (Figura 5).

Depois de ter inserido a folha de madeira Pera na  janela feita no jacarandá, redesenhe os traços do rosto do palhaço  sobre ela (Figura 6). Continuamente será necessário redesenhar o projeto em cada nova peça a ser cortada até que você termine a imagem. Agora você pode ver a razão de ter que gravar o projeto em película transparente e de fixá-la na borda superior da folha de fundo, para garantir o alinhamento perfeito sempre que renovar o design em peças novas.


Geralmente para a maioria dos retratos de marchetaria, é aconselhável iniciar as "janelas" do centro para fora. Eu, pessoalmente, prefiro começar com o corte das  peças maiores e progressivamente as menores, até chegar nas praticamente microscópicas para os detalhes finais. Outras pessoas gostam de fazer os pequenos detalhes mais intrincados de suas imagens em separado e inseri-los depois na figura principal. Não existem regras únicas para efetuar um trabalho em marchetaria. Crie sua própria técnica, ao longo de seu aprendizado!

Uma imagem vale mais que mil palavras, então siga Figuras 7-17 para ver como a imagem é construída etapa por etapa. É mais fácil do que você imagina!













2 comentários:

  1. Magnífico!!! estou adorando e acho que vou começar a prender mesmo. Parabens e muito obrigado.
    Cervantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre bom podermos fazer arte com nossas próprias mãos, colocando nossa parte mais divina em algo que outros possam apreciar! Boa sorte então na empreitada, e conte comigo se tiver alguma dúvida.
      Luiz Claudio

      Excluir

Deixe seu comentário e/ou sugestões para melhorar o Blog. Obrigado!